Olá Visitante! Acesse sua conta ou Cadastre-se

Sintonia Liberdade

17:01 às 19:00

MAIO LARANJA

Pelo menos 115 pessoas foram presas e 13 adolescentes apreendidos suspeitos de envolvimento em crimes de abuso e exploração sexual infantil durante 18 dias de atividades intensas de repressão e prevenção a essas modalidades criminosas, por meio da Operação Caminhos Seguros.

De acordo com o governo do Estado, a ação ocorre no mês em que se acende o alerta para os crimes de abuso e exploração sexual infantil, conhecido como Movimento Maio Laranja. A atividade integrada terminou na segunda (20), e os resultados foram divulgados na manhã desta quarta-feira (22), pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), que coordenou a ação.

"De 2/5 a 20/5, 2.160 homens e mulheres da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros Militar realizaram diligências em rodovias federais e estaduais, além de casas noturnas, bares, estabelecimentos de hospedagem, pontos de alimentação, postos de combustível, entre outros locais considerados estratégicos para a repressão e prevenção do crime de exploração sexual infantil. Ministério Público e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) também contribuíram com a força-tarefa", informou o executivo estadual em nota.

Durante as ações, 115 pessoas foram presas em flagrante ou por meio de cumprimento de mandados de prisão e 13 adolescentes foram apreendidos. Mais de 6.300 pessoas foram alcançadas pelas diligências policiais, em 1.472 locais fiscalizados.

"Foram realizados, ainda, 65 cercos em rodovias e avenidas estratégicas por meio de blitze – o que levou à fiscalização de 2.990 veículos. Oitenta e seis denúncias foram apuradas, 140 materiais pornográficos infantojuvenis foram recolhidos e 75 autuações do Conselho Tutelar realizadas. Mais de 500 inquéritos sobre o tema foram instaurados e outros 410 foram concluídos", enumerou.