Olá Visitante! Acesse sua conta ou Cadastre-se

Evidências

20:01 às 23:59

Febre maculosa

Belo Horizonte e Contagem investigam juntas 63 casos suspeitos de febre maculosa, doença com alta letalidade e que é transmitida pelo carrapato-estrela. Na capital são 31 notificações, sem registro de morte até o momento. Em Contagem, a prefeitura atualizou os números e 32 pessoas teriam sido infectadas pela doença. Deste total, duas mortes foram confirmadas e duas estão sendo investigadas.

A febre maculosa mata quatro a cada dez infectados. A enfermidade é mais comum entre junho e novembro quando a população de carrapatos-estrela, transmissores da bactéria, aumenta devido ao ciclo de vida da espécie.

Em Belo Horizonte, a Secretaria Municipal de Saúde emitiu alerta aos profissionais da saúde para que fiquem de sobreaviso para atender pacientes com sintomas da doença. O início imediato do tratamento para a febre maculosa é determinante para a cura da doença.

Os primeiros sintomas aparecem de dois a quatorze dias depois da picada. Na imensa maioria dos casos, sete dias depois. A doença começa com um conjunto de sintomas semelhantes aos de outras infecções: febre alta, dor no corpo, dor da cabeça e desânimo. Depois, aparecem pequenas manchas avermelhadas, que crescem e se tornam mais salientes.

A erupção cutânea é generalizada e manifesta-se também na palma das mãos e na planta dos pés, o que em geral não acontece em doenças como sarampo, rubéola e dengue hemorrágica, por exemplo.

Para haver transmissão da doença, o carrapato infectado precisa ficar pelo menos quatro horas fixado na pele das pessoas. Os mais jovens e de menor tamanho são vetores mais perigosos, porque são mais difíceis de serem vistos. Vale lembrar que não existe transmissão da doença de uma pessoa para outra.

Recomendações

Evite o contato com carrapatos. Mas se, por acaso, estiver numa área em que eles possam existir, tome as seguintes precauções:

•             Examine seu corpo cuidadosamente a cada três horas pelo menos;

•             Use roupas claras porque facilitam enxergar melhor os carrapatos;

•             Coloque a barra das calças dentro das meias e calce botas de cano mais alto nas áreas que possam estar infestadas por carrapatos;

•             Tenha cuidado ao retirar o carrapato que estiver grudado em sua pele;

•             Esteja atento ao aparecimento dos sintomas comuns a vários tipos de infecção. E ao ser picado por um carrapato, procure um médico o mais rapidamente possível.